Estou finalizando meu processo de coaching, e na sessão passada me deparei com uma situação que ainda não percebia, mas que sempre ocorria na minha vida. O nome não muito conhecido foi novo para mim, decidi compartilhar sobre ele para que mais pessoas conheçam, e assim como eu, também decidam mudar.  É difícil acreditar, mas o nosso próprio inconsciente cria ou se aproveita de certas situações para nos parar, ou impedir que façamos mudanças e melhoras em nossos comportamentos. Este impulso é chamado de autossabotagem, e pode ser uma armadilha para aqueles que querem mudar sua vida, seja qualquer for a área.

Todos ser humano tem dentro de si uma voz, que muitas vezes nem percebemos, mas que envia várias mensagens durante o dia em nossa mente. Essas mensagens podem ser boas ou ruins. Quem nunca ouviu uma voz dizendo “você não consegue” ou “você não é capaz” ao tentar algo novo, ou pensar em conquistar algo grande?! Ou aquela vontadezinha de comer vários doces e abandonar a dieta, porque afinal “você não vai mesmo conseguir”. É através dessa voz que a autossabotagem acontece, bloqueando nossas emoções e ações.

Nosso subconsciente se acostuma com nossa maneira de agir, nossos sentimentos, nossas ações e costumes. Quando há uma mudança nisso ele tenta emitir mensagens e bloqueios que nos façam voltar ao estado anterior. Foi exatamente assim que aconteceu na minha 8º semana do coaching. Alcancei a maioria dos objetivos que eu queria, e tudo ocorria muito bem em quase todas as áreas da minha vida. Estava realmente satisfeita e feliz com o que estava vivendo. Mas uma pequena situação mudou tudo!

Através de poucas palavras que uma pessoa me disse, e que de certa forma me atingiram, tudo isso foi se desmoronando. Pelas palavras destrutivas que eu ouvi, o meu subconsciente viu uma brecha para voltar a ser quem eu era antes, e comecei a me sentir insegura, desanimada, e a deixar os planos e projetos um pouco de lado. Comecei a acreditar nas palavras daquela pessoa, e pensei que realmente não era capaz.

Foram vários dias de autossabotagem, e ainda um pouco de procrastinação, adiando as responsabilidades, deixando tarefas de lado, quando por fim chegou minha 9ª sessão e eu não tinha nenhum ganho para contar. Minha semana tinha sido improdutiva e sem ganhos. A culpa foi da pessoa que havia me dito aquelas palavras? Não! A maior responsabilidade foi minha em deixar que uma pequena situação pudesse abalar coisas tão grande.

Estou caminhando para minha 10ª sessão, e através das ferramentas desenvolvidas com a Nayara Magalhães, consigo controlar a vozinha interior que diz que não posso, ou não consigo algo. Agora sei reconhecer quando estou diante de uma autossabotagem.

O coaching trata essa e outras várias atitudes nocivas do nosso comportamento, e que nos impendem de romper limites e alcançar nossos objetivos. Vale a pena fazer uma sessão experimentar e começar a conhecer essas ferramentas sensacionais! A Nayara disponibilizou para vocês a primeira sessão grátis para vocês! É só entrar em contato com ela e agendar pelos telefones: 31 3484 3857 | 31 99541007

Deixe seu Comentário

Loading Facebook Comments ...

Escreve um comentário