Nós mineiros já estamos até acostumados a ouvir a famosa frase “Já que Minas não tem mar, eu vou pro bar”, mas fato é que Minas é muito além dos bares! Já disse isso por aqui e repito, com tanta beleza no estado, alguns mineiros nem sentem falta da praia! Já se foi a época que a nossa diversão era ir para Guarapari (haha)! São milhares de belezas naturais escondidas por ai (outras nem tão escondidas assim), entre cachoeiras, rios, trilhas, montanhas, cidades históricas, museus, e muitos mais! Se você está afim de desbravar a terra do pão de queijo, separei 7 destinos que vão te provar que Minas não precisa ter Mar! Vamos juntos?!

 

1 – OURO PRETO

A cidade de arquitetura colonial fica a menos de 100km da capital. É famosa pela conservação de sua história, suas ruas estreitas com paralelepípedos e suas diversas igrejas de época. Repleta de museus, ela nos faz sentir um pouco da história de Minas Gerias em cada cantinho da cidade. Também é repleta de artes de Aleijadinho, e rica em pedra sabão. Se você gosta de aventuras, também pode se aventurar nas grutas presentes na cidade!

ouro-preto-viagem-minas-gerais-dicas


2 – SÃO THOMÉ DAS LETRAS

A cidade localizada no pico de uma montanha a 1.444 metros do nivel do mar é rodeada por muito verde. Apesar de ser famosa pelo seu misticismo e pela magia que ronda a cidade, ela vai muito além disso! Cercada de muitas lendas e histórias, são Thomé conta com lindas grutas e cachoeiras, além de diversos restaurantes e pousadas aconchegantes. Vale a pena visitar as cachoeiras como Véu da Noiva, Paraíso, Vale das Borboletas e também a Casa da Pirâmide.

(Foto Wikimedia)

3 – MACACOS

São Sebastião das Águas Claras é apelidada e mais conhecida como “Macacos”,  é um cantinho aconchegante, perfeito para quem busca descanso e quer relaxar, bem pertinho da capital, com menos de 30km de distância. Se você quer passar um fim de semana em uma boa pousada, esse é o lugar perfeito! É fácil ficar perdido em meio a tantas opções para se hospedar, e todas elas muito bem estruturadas e aconchegantes! A natureza também é um ponto forte da cidade, o que atrai muitas pessoas a procura de esportes radicais e ecoturismo. Os diversos restaurantes da cidade também atraem muitos turistas, até mesmo para “dar um pulinho” na cidade, só para um almoço em família.
(Dica de Pousada: Quando fui a Macacos, me hospedei na Pousada do Rodrigo I, que fica bem escondidinha no meio do mato. Super recomendo)

(Foto de www.conhecaminas.com)

4 – MONTE VERDE

Quer um destino romântico e ter um gostinho de que está fora do país? Você não precisa ir muito longe! O pequeno distrito com ar europeu tem atraído muitos casais para curtirem o clima romântico juntinhos! Não é atoa que já até ganhou um titulo de cidade mais romântica! Na hora de encontrar uma pousada, dá até para se perder, são mais de 200 opções! Monte Verde fica localizada na Serra da Mantiqueira, e é conhecida por suas temperatura baixas, que já teve recorde de  -14°C!

(Foto Wikimedia)

5 – INHOTIM

Já visitou um lugar tão lindo que mal conseguia descrever? Inhotim é um desses lugares! São mais de 786 hectares  de beleza natural e muitas obras de arte. É considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina, e fica bem pertinho da capital, no município de Brumadinho. Se quer visitar todas as obras, é melhor separar dois dias da sua agenda, e se hospedar por perto, afinal você terá muita coisa pra conhecer! Inhotim com certeza será uma experiência singular!

(Foto: Wikimedia)

6 – SERRA DO CIPÓ

Esse destino é bem famoso entre nós mineiros. É difícil encontrar alguém que não ainda conheça. Mas por outro lado, sempre há um pouco mais para explorar na Serra do Cipó! A Serra possui inúmeras cachoeiras e uma das floras mais diversificadas do mundo. Este é um destino para os mais radicais que querem acampar, praticar esportes radicais e fazer trilhas.  Mas também é um convite para os que procuram o bom sossego das cidades pequenas. Além das pousadas, você pode se hospedar na Cachoeira Véu da Noiva em um chalé, ou acampar na área de camping. (http://www.acmmg.com.br/veu-da-noiva/).

(Foto: Wikimedia)

7 – CAPITÓLIO

Capitólio é banhada pelo famoso “Mar de Minas”, ou  Lago de Furnas. Uma imensidão de águas verde-esmeralda que realmente se parece um mar! Ao total são 1.440km² de água, o que chega a ser 4 vezes maior que a Baía de Guanabara (RJ), por exemplo. Isso se dá pelo lago artificial da Usina Hidrelétrica de Furnas,  que foi a 1ª de grande porte no Brasil, fundada em 1963. Muitos dos que visitam o local até se esquecem qual é a função do lago, e consideram ali a verdadeira “praia dos mineiros”. Prova disso é a infinidade de lanchas, jet skis, barcos e pescadores que visitam o lago todos os dias. São muitos turistas, que muitas vezes vêm de fora do estado, ou até do país para conhecer tamanha beleza!  O local também conta com várias cachoeiras deslumbrantes, e os famosos Canyons, que são enormes canais rodeados por imensos paredões, formando um lindo lago artificial. A beleza é inexplicável, e pode ser vista por cima, passando por uma pequena trilha, ou por baixo, passando pelas águas até chegar nas cachoeiras. A beleza é inexplicável, uma daquelas que seus olhos vão gravar, e não vão esquecer nunca mais!


8 – DESTINO EXTRA: BELO HORIZONTE

E por que não incluir a nossa capital mineira?! Apesar de não ter cachoeiras, BH é uma cidade encantadora, seja pelo seus pontos turísticos ou pelo povo tão acolhedor. Já diziam César Menotti e Fabiano “Pois não há lugar melhor que BH”, e com toda razão! Seja pelo nosso cafezim com pãozim de queijo, pelo Mercado Central onde nunca achamos a saída por onde entramos, pela caminhada gostosa no domingo de manhã pela lagoa da Pampulha, ou pela Feira Hippie que não tem hippies (haha).  Existe algo mágico em BH que sempre nos fará lembrá-la, onde estivermos, e que nos deixa orgulhosos de dizer “Sou de BH, uai”!

(Foto: Flickr Prefeitura de Belo Horizonte)

Deixe seu Comentário

Loading Facebook Comments ...

Escreve um comentário